Alopecia frontal fibrosante

A alopecia frontal fibrosante é uma forma de perda capilar progressiva e cicatricial, ou seja, irreversível. Seu primeiro relato foi 1994, porém a prevalência vem aumentando a cada dia. Acomete sobretudo mulheres após a menopausa, todavia homens e mulheres jovens podem manifestar a doença. Sua causa não está estabelecida.

Caracteriza-se pela inflamação, descamação e perda dos fios em região de implantação frontal de couro cabeludo, de maneira que a pessoa começa a perceber a fronte cada dia mais evidente. Geralmente há perda dos fios da sobrancelha.

O tratamento consiste em combater a inflamação para controle da progressão da doença, porém não há tratamento que faça os cabelos que já caíram voltarem. Daí a importância do diagnóstico e do tratamento precoce.

Fonte: site da Sociedade Brasileira de Dermatologia