(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617

Imunologia e Dermatologia: lupus discoide, psoríase, vitiligo e alopecia areata.

Clínica Optimize participa de evento sobre Imunologia das Doenças Cutâneas

Dra. Marcella Nascimento, dermatologista da Clínica Optimize, esteve presente no evento Imuno-dermatology Diseases League realizado no mês de outubro em São Paulo, onde foram apresentados conceitos de Imunologia Aplicados à prática clínica do Dermatologista. Um evento que contou com apresentações importantes, dentre elas a palestra internacional, ministrada por Dr Allan Kaplan.

Este é um tema de grande relevância que merece constante atenção e estudo. Confira mais informações:

Sistema imunológico e dermatologia

O sistema imunológico é responsável pela defesa do corpo contra doenças, vírus, bactérias, micróbios e outros. Sua finalidade é manter a homeostasia dinâmica do organismo, funcionando como uma proteção a seres indesejáveis, os antígenos, que tentam invadir o nosso corpo.

No entanto, no caso de doenças autoimunes, o sistema imunológico ataca, por engano, o próprio corpo, destruindo tecidos saudáveis. As causas deste problema ainda não são precisas: podem ser fatores externos, predisposição genética e até mesmo devido ao uso de alguns medicamentos.

Lupus, psoríase, vitiligo e alopecia areata são alguns exemplos de doenças autoimunes em que a Dermatologia possui um papel importante no diagnóstico e tratamento.

Psoríase

A psoríase uma doença de pele crônica, autoimune e relativamente comum. A prevalência no Brasil é de aproximadamente 1,5% da população, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Ela se caracteriza por lesões arredondadas, vermelhas e descamativas, que surgem com maior frequência no couro cabeludo, cotovelos e joelhos; o que não impede de aparecer nos pés, mãos, unhas e a região genital.

A gravidade é variável, podendo se apresentar em pequenas lesões localizadas até o comprometimento de toda a pele. Essa condição não é contagiosa, porém gera muito preconceito devido a aparência, o que diminui a autoestima e qualidade de vida do paciente.

Mas você sabia que, embora a psoríase não tenha cura, ela pode ser tratada e controlada? Existem diversas formas de tratamento, que inclui desde cremes, loções e shampoos, até a fototerapia, medicação oral ou biológicos. No entanto, o diagnóstico e o tratamento devem ser indicados por um dermatologista.

Lúpus Discoide

O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) ou Lupus, como é conhecido popularmente, é uma doença inflamatória, autoimune e que pode atingir diferentes órgãos e tecidos, tais como pele, articulações, rins, cérebro e outros órgãos. No Brasil, estima-se que 65 mil pessoas tenham a doença, sendo a maioria mulheres.

O Lúpus discoide refere-se à inflamação da pele, observada a partir do surgimento de lesões cutâneas avermelhadas que podem surgir no rosto, na nuca ou também no couro cabeludo.

Através de um tratamento adequado, é possível controlar a doença e os sintomas, contribuindo para uma qualidade de vida melhor do paciente. É possível que sejam ministrados medicamentos (como corticóides e imunossupressores) e também cremes para serem aplicados nas lesões. Além disso, é recomendado o uso diário de protetor solar para prevenir crises.

Vitiligo

O vitiligo é uma doença que afeta um milhão de brasileiros e pode ser facilmente reconhecida devido às manchas brancas na pele. Essa também é uma condição autoimune e multifatorial, sendo que a predisposição genética e fatores externos contribuem para seu aparecimento.

Embora não se saiba a causa exata, é conhecido que as células formadoras de melanina (melanócitos) morrem ou interrompem a produção de melanina – pigmento dá a cor à pele, ao cabelo e aos olhos.

Assim como a psoríase, o vitiligo pode se apresentar em uma manchinha discreta ou se espalhar de forma extensa pelo corpo. Por isso, também é um problema que causa rejeição e olhares diferentes das pessoas, questões que destacam a necessidade do apoio psicológico.

Existem alguns tratamentos disponíveis, porém cada pessoa pode responder de uma forma. O objetivo é controlar ou até mesmo regredir as manchas, no entanto é um resultado imprevisível. O ideal é avaliar o seu caso com um médico especialista.

Alopecia Areata

Alopecia areata é uma doença inflamatória que provoca a queda de cabelo, formando falhas circulares. Essa também é uma condição que envolve questões genéticas e a participação autoimune, sendo que fatores emocionais e quadros de infecção podem desencadear ou reforçar o quadro.

Cada paciente desenvolve a doença de uma forma, ela pode causar pequenas falhas ou levar a perda total de cabelo.

O tratamento ideal deve ser proposto pelo dermatologista em conjunto com o paciente. O objetivo principal é controlar a doença, diminuir as falhas e tentar impedir que novas surjam. Dentre as alternativas, estão o uso de medicamentos tópicos e também corticoides injetáveis.

Cuide-se!

Se você já observou algum sintoma e desconfia de que pode ter alguma dessas doenças, consulte um médico dermatologista e avalie o seu caso de forma individual. Embora seja importante se informar, é indispensável ter um parecer médico para validar o diagnóstico.
Conte conosco!

Clínica Optimize

Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá Clinica Optimize! Cheguei até aqui pelo link da sua Landing Page, podemos conversar? []