(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617

Acne tem tratamento?

A acne é uma doença dermatológica muito comum e que afeta a maioria das pessoas, principalmente, na fase da adolescência, quandos os níveis hormonais ficam elevados.
Essa condição pode se manifestar em várias partes da derme, mas quando surgem no rosto, gera um incômodo estético muito grande. Por isso, o tratamento, além de proporcionar uma pele saudável, recupera a autoestima, a autoconfiança e o bem estar do paciente.

Entenda o que é a acne e conheça os cuidados corretos que você deve tomar.

O que é acne?
A acne é um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilossebáceos, isso é, ocorre devido a uma grande produção de sebo. Pode-se dizer que a acne começa quando o óleo se mistura com células mortas da pele e obstrui os poros, permitindo que bactérias cresçam nessa mistura. Ela pode apresentar diferentes níveis, desde a acne não inflamatória (comedogênica), que são cravos abertos e fechados, até as inflamatórias com pápulas e pústulas. Em situações de inflamação, a acne pode evoluir para lesões císticas e cicatrizes.

E o que são espinhas? Este é o termo popularmente usado para as conhecidas obstruções de sebo na pele. Já a palavra acne, define a inflamação cutânea como uma patologia.

Causas
Os fatores que desencadeiam a acne são variáveis e podem ser resultado de alterações hormonais, má alimentação, estresse e também por motivos externos como o tabagismo, excesso de sol, uso de determinados medicamentos e produtos na pele.

Acne e autoestima
Além de causarem lesões na derme, a aparência muda por serem alterações muito marcantes e chamativas, principalmente na face. Assim, a acne pode afetar também o lado psicológico, ainda mais para adolescentes, que se sentem inseguros, tímidos e até mesmo infelizes com a situação. Portanto, isso reforça a importância de buscar o tratamento, que vai ajudar a construir uma pele mais saudável e uma pessoa mais satisfeita e confiante.

Tratamentos
O ideal é começar o tratamento o mais cedo possível, ou seja, não espere as espinhas avançarem para um quadro agravante. Ainda que, no começo, o desaparecimento espontâneo possa ocorrer, a orientação de um profissional pode ser a chave para que o problema seja minimizado ou até mesmo não volte a ocorrer.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), os tratamentos disponíveis para a acne incluem “cremes, géis, sabonetes e antibióticos orais, além da isotretinoína. Os tratamentos complementares que podem ser recomendados pelo dermatologista são: extração de comedões, punção ou drenagem de pústulas, nódulos e pseudocistos, e infiltração de medicações específicas, quando necessário, como corticoides”.

Logo, existem opções de tratamento tanto de terapia local, quanto por via oral, ou a combinação de ambas. Mas a gravidade e a localização, além das características individuais, vão indicar o procedimento mais adequado.

É muito importante ressaltar que não se deve manipular as lesões de forma alguma. Mesmo que esteja te incomodando não cutuque ou esprema, pois isso pode levar à infecção, inflamação e cicatrizes.

Alimentação saudável
Uma alimentação saudável pode contribuir muito para evitar ou reduzir os problemas com a acne. “A dieta pode colaborar para a redução da atividade das glândulas sebáceas, redução do estresse oxidativo, reposição de nutrientes cuja patologia gera deficiência como zinco e vitamina A, bem como modular a resposta inflamatória. A ingestão de alimentos com propriedades anti-inflamatórias, que melhoram a permeabilidade intestinal, o controle dos níveis de micronutrientes como o zinco, selênio, cobre, vitamina A, entre outros, poderá contribuir de forma positiva para amenizar os sintomas da acne”. – Informações extraídas do Manual Nutricosméticos – Receitas e formulações para a beleza. – Ana Paula Pujol

Além disso, a suplementação com ômega 3, presente em alimentos como atum, salmão, linhaça, chia, óleo de peixe, suprime a produção de mediadores inflamatórios em indivíduos saudáveis. Alguns estudos demonstraram que o ômega 3 reduz a gravidade da acne, especialmente em indivíduos com acne grave.

Cicatriz de acne
Para os pacientes que já adquiriram cicatrizes, é importante dizer que essas são marcas definitivas na pele e, portanto, os tratamentos são a longo prazo.

O primeiro tipo de cicatriz que comumente aparece é um manchinha escura. Mas, em casos de acnes nodulares, surgem cicatrizes atróficas, que formam depressões na pele; situações em que a maquiagem não costuma esconder.

Diante de uma cicatriz profunda, além do tratamento tópico (usando por exemplo, atretinoína e ácido retinóico) e medicamentos que ajudam a controlar a oleosidade, é necessário associar procedimentos capazes de acessar a derme e estimular uma nova cicatrização.

As técnicas como, microagulhamento cirúrgico, MMP, laser ablativo, radiofrequência microagulhada são indicadas para remodelar o colágeno e amenizar a cicatriz que estava ali. Além disso, também pode ser feito o peeling químico, em que se aplica ácidos para renovar a epiderme.

O procedimento adequado, que vai trazer resultados para você, deve ser indicado por um dermatologista, que vai avaliar a sua situação de forma individualizada e tratá-la da maneira correta. Portanto, não deixe de buscar orientação com um profissional..

Clínica Optimize

A clínica Optimize conta com um corpo clínico especializado, infraestrutura moderna e se preocupa em cuidar da sua saúde, seu bem estar e sua autoestima.

Agora, além de consultas com a dermatologista Dra. Marcella Nascimento, você também pode se consultar com a nutricionista Suellen Carvalho.

Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá Clinica Optimize! Cheguei até aqui pelo link da sua Landing Page, podemos conversar? []