(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617

Carnaval – Época de diversão e cuidados

Enfim chegou o Carnaval, uma época de diversão, mas também de cuidados. Festa, música, dança, animação e criatividade resumem a maior festa do nosso país e até quem não gosta se deixa contagiar pela alegria desta data. Mas, apesar de ser uma comemoração, também são necessárias precauções para evitar ressecamento da pele e do cabelo, Melasmas ou Melanomas.

No Brasil este evento acontece durante o verão, por isso a preparação das escolas de samba que vão desfilar tem que ser ainda maior. Porém, é muito importante que as pessoas que vão assistir, ou curtir em bloquinhos, também cuidem da saúde do seu corpo. Neste texto vamos te mostrar os cuidados ideias para antes, durante e depois do Carnaval.

Pré Carnaval

O Carnaval acontece no período mais quente do ano, o que deixa o cuidado com a saúde ainda mais necessário. Para que o corpo tenha uma resistência maior durante a folia, é necessário que haja uma preparação de um mês antes. Assim você vai poder ficar linda, curtir bastante com seus amigos e ainda ficar protegida.

A Alimentação é fundamental, coma alimentos mais balanceados, que sejam ricos em fibras, ferro e proteina. Além disso, evite gorduras, frituras e alimentos pesados, principalmente na semana em que vai curtir. Esta dica ajuda o seu organismo, mas também vai ajudar a manter cabelo e pele saudáveis.

Os exercícios físicos são importantes em todas as épocas do ano, mas antes do Carnaval podem te ajudar mais ainda. Um corpo treinado vai resistir bem melhor rotina de festas, te deixando mais preparada para curtir mais tempo e com mais animação, além de proteger a sua pele contra a flacidez e celulites.

Durante Carnaval

Já durante as festas é que o cuidado com a pele e com cabelo aumentam, então antes de ir para a folia, lembre-se de lavar os cabelos, e cuidar da sua pele antes de passar a maquiagem. Passe hidratantes e reaplique os protetores solares de boca, cabelo e pele durante o dia. Além disto, leve sempre uma garrafinha de água para manter seu corpo hidratado, coma somente alimentos saudáveis e use roupas mais refrescantes.

Uma outra dica é usar repelente, no verão é muito comum doenças transmitidas por mosquitos, então é sempre bom tomar este cuidado. Atualmente, algumas doenças transmitidas pelo contato estão causando preocupação, para ficar um pouco mais protegida, sempre que possível lave as mãos e passe um álcool em gel.

Apesar do Carnaval ser uma época de diversão, existem cuidados que devem ser seguidos, como: não dirigir depois de beber e sempre fazer sexo com camisinha. Estas precauções não são diretamente dermatológicos, mas são muito importantes para a sua vida e a de outras pessoas também.

Pós Carnaval

No final do Carnaval, mesmo com todos os cuidados, seu cabelo e sua pele estão precisando de uma hidratação profunda. Uma técnica que você pode usar para os cabelos é o Detox Capilar. Ele faz uma limpeza profunda nos fios e no couro cabeludo, retirando impurezas, como poluição, excesso de produtos, glitters e oleosidade. Este processo é muito bom durante o verão e mais ainda após o Carnaval.

Se você manteve um cuidado com a sua pele durante as festas, ela não vai estar tão danificada. Então os cuidados pós Carnaval para pele é continuar hidratando ela e sempre passando protetor solar. Agora, caso você não tenha se prevenido e está sentindo a sua pele ressecada, mais oleosa ou com manchas, procure um especialista para te explicar corretamente como agir.

Você precisa da Clínica Optimize

Na Clínica Optimize você vai encontrar o Detox Capilar, além de vários outros serviços que vão te ajudar a melhorar a saúde do seu cabelo. Aqui, temos o primeiro Centro de Terapia Capilar de Juiz de Fora, com equipamentos avançados para tratar dos seus com excelência.

Temos também profissionais qualificados para realizar tratamentos em vários tipos de peles, seja ela oleosa, ressecada ou com manchas. Se você quer realizar procedimentos estéticos, está no lugar certo. Venha solucionar os seus problemas em uma clínica séria e que vai te fornecer os melhores resultados.

Clínica Optimize
Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Os benefícios dos Bioestimuladores

Que pessoa não deseja estar sempre linda e jovem? Para realizar este desejo, e adiar o envelhecimento, os cientistas desenvolveram uma nova tecnologia, capaz de trazer ainda mais vantagens. A preocupação com a aparência da pele está cada vez maior, a dermatologia está em destaque e com ela os benefícios dos Bioestimuladores.

Os Bioestimuladores possuem uma ação direta sobre o colágeno da pele, que pode sofrer muito com o decorrer do tempo. Usando esse novo procedimento, é possível recuperar e prevenir vários acontecimentos que ocorrem de forma natural, como as rugas. Para saber mais sobre como melhorar essas temidas marquinhas de outras formas, clique aqui.

O que são Bioestimuladores?

Os Bioestimuladores causaram uma revolução na dermatologia, facilitando a remoção de marcas e manchas que muitas mulheres não gostam. Devolve para a pele o ar de juventude, firmeza e renovação que todo mundo sonha. O envelhecimento da pele é algo iminente, mas com este novo procedimento, ficou ainda mais fácil adiar esse processo natural.

  • Mas afinal, como funciona?

A funcionalidade depende muito do colágeno. Ele é responsável pela firmeza da pele e, com o decorrer dos anos, vai ficando desgastado e perdendo a sua força. Dessa forma, com os Bioestimuladores, substâncias são inseridas na derme e são capazes de produzir mais colágeno, o que a deixa mais firme e resistente.

Quais são os benefícios dos Bioestimuladores?

O efeito que essa aplicação na pele dá é de um leve inchaço, isso quer dizer que está ocorrendo a produção de colágeno. Ou seja, as fibras responsáveis pela produção dessa substância está trabalhando ativamente, e mostrando na pele o seu resultado. Mas, além da firmeza e da resistência, quais são os outros benefícios dos Bioestimuladores?

Ao causar mais firmeza, a pele perde a flacidez, que leva junto as temidas rugas e marcas de expressão, devolvendo o aspecto saudável e jovial ao rosto. Além disso, os contornos faciais que foram perdidos ressurgem, mostrando como os Bioestimuladores são capazes de trazer novamente uma pele jovial e firme.

Apesar de serem necessárias de duas a três aplicações para que o efeito do produto funcione corretamente. Outra vantagem importante é o tempo, este processo não precisa ser aplicado todos os meses, é possível intercalar, levando em consideração que ao usar os Bioestimuladores a sua pele continuará produzindo colágeno por 6 meses após a aplicação.

Quais são os tipos?

Existem maneiras diferentes de usar os Bioestimuladores, cada uma possui um benefício, por isso existem várias maneira de influenciar a pele. Aqui na Optimize temos 2 processos, a RADIESSE e a SCULPTRA, as suas vantagens são:

RADIESSE

O resultado desse Bioestimulador é mais imediato, deixando a pele inchada e volumosa. Neste caso, a produção de colágeno decorre da substância hidroxiapatita de cálcio, que proporciona firmeza e torna esse tipo de aplicação ótima para quem tem rugas e marcas de expressão. Além disso, a RADIESSE também é boa para celulites e flacidez corporal.

SCULPTRA

A SCULPTRA é feita a partir do ácido polilático, que apesar de ser menos imediato que o anterior, deixa o resultado mais natural e leve. É indicado para regiões com menos marcas de expressão, pois leva sustentação a pele. Também é utilizado para tratar o envelhecimento das mãos.

Existem riscos ou efeitos colaterais?

Após a aplicação, dependendo da sua opção de Bioestimulador, pode sim haver alguns efeitos colaterais. Pela produção rápida de colágeno, é muito comum que alguns hematomas apareçam nas regiões aplicadas. Eles vão sumir com o tempo, deixando somente a pele renovada e linda.

Não existem riscos em relação a aplicação dos Bioestimuladores, mas algumas pessoas podem sentir um desconforto e incômodo. Existem tipos de aplicações, que não possui anestésico, o que causa este efeito na hora do tratamento. Apesar disso, o resultado fica ótimo e natural, deixando a pele ainda mais bonita.

A aplicação é feita através de uma seringa, que injeta as substâncias em pontos estratégicos da pele, assim como é feito com o ácido hialurônico. É uma sessão bem tranquila e que tem evoluído cada vez mais, deixando as áreas de aplicação com o menos danos e com mais resultados positivos.

Venha conhecer a Clínica Optimize

Para que os resultados sejam melhores e tenham a qualidade esperada, você deve procurar um especialista na área. É muito importante que esses procedimentos que envolvem os Bioestimuladores, sejam realizados por um dermatologista que entende do assunto e que vai te proporcionar uma ótima experiência.

A Clínica Optimize trabalha com seriedade no mercado e sempre mostrou seu profissionalismo. Possuímos vários procedimentos para melhorar a saúde da sua pele. Quer saber mais sobre esse tratamento e os benefícios dos Bioestimuladores? Conte com a nossa equipe para te ajudar a ter uma experiência incrível. Venha conhecer a Clínica Optimize e tirar todas as suas dúvidas.

Clínica Optimize
Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

5 mudanças para adotar em 2020

O fim do ano está aí e quem é que nunca fez uma promessa de ano novo? A grande maioria vê essa época do ano como uma oportunidade para se conhecer melhor, observar seus resultados e pensar em mudanças para adotar no próximo ano.

Todos planejamos um estilo de vida melhor e mais saudável. Entretanto por falta de planejamento ou acompanhamento adequado acabamos não concluindo o que nós mesmos nos propusemos. Não seria mais fácil se existisse um cronograma para nos ajudar a seguir os passos para uma vida plena e saudável? Dessa forma, desenvolvemos 5 mudanças para adotar em 2020 que serão apresentadas a seguir:

1. Adotar novos hábitos para cuidar da sua pele

Hoje em dia é muito comum homens e mulheres procurarem médicos dermatologistas. Mas cuidar da pele vai muito além de estética, existem várias doenças de pele como: acne(espinhas), melasma, dermatite, entre outras, que exigem acompanhamento e cuidados médicos.

Algumas mudanças para adotar e manter uma pele saudável são: Não dormir com maquiagem, usar protetor solar até mesmo em dias nublados, hidratar a pele diariamente, usar produtos indicados para o seu tipo de pele, alimentar-se bem e beber água. São atitudes simples que fazem toda a diferença para a sua pele e sua vida no geral. Afinal, todos nós nos sentimos capazes de conquistar o mundo quando estamos com a autoestima elevada,não é?

2. Ter uma rotina de cuidados com o seu cabelo

Assim como a pele, o cabelo merece nossa atenção. Pesquisas revelam que a grande maioria das mulheres se sentem mais confiantes após passarem pelo salão de beleza. Atualmente, somos bombardeados por eventos, encontros e comemorações que acabam nos induzindo ao cabeleireiro. Eventualmente nossos fios estão sempre em contato com secador, babyliss, chapinha, entre outros produtos que podem ser prejudiciais quando usados em excesso.

Para amenizar os danos ocorridos pelo uso desses equipamentos e produtos químicos, algumas mudanças para adotar sobre cuidados com os cabelos são:

  • Evitar lavá-los em água excessivamente quente;
  • Fazer uma hidratação pelo menos a cada 15 dias;
  • Pentear com cuidado para evitar que os fios quebrem ou se embaracem;
  • Alimentar-se bem, afinal, a alimentação influencia muito na saúde de todo o corpo;

3. Praticar atividades físicas e ter uma alimentação equilibrada

Embora o estilo de vida saudável tenha aumentado muito nos últimos anos, 55,7% da população brasileira está acima do peso e não estão confortáveis quanto a isso. É um índice alarmante porque nossa condição física influencia em todas as áreas da nossa vida.

Mantendo uma alimentação equilibrada e fazendo regularmente uma caminhada de apenas 30 minutos por dia, já pode ajudar. Você melhora a qualidade do seu sono, aumenta o nível de criatividade, acelera o metabolismo, controla melhor a fome, melhora a aparência da pele e dos cabelos, entre outros benefícios.

Não é uma tarefa fácil e vemos isso através das estatísticas que apresentamos acima, mas você precisa tentar. Faça por você, comece aos poucos, vá mudando seus hábitos devagar e sinta o seu corpo agradecer. Você consegue!

4. Colocar sua saúde como prioridade: visite regularmente o seu médico e faça exames de rotina

Qual foi a última vez que você procurou o seu médico? Muita gente responde: “Faz um tempo, tenho trabalhado demais”, “Não vou ao médico se não estiver com algum sintoma”, “Não tenho dinheiro”, “Não tenho tempo”. Muitos casos de doenças poderiam ser tratados ou até mesmo evitados se a população fizesse exames de rotina. O seu corpo precisa de cuidados e sua saúde deve ser colocada como prioridade total. Por isso mesmo que não esteja com nenhuma doença aparente, não deixe de visitar o médico regularmente. Além disso, diagnósticos precoces aumentam as chances de sucesso no tratamento.

5. Se amar cada dia mais!

A autoaceitação é um processo muito importante para quem quer alcançar uma vida plena. Aprender a gostar de si mesmo é um ato de amor,com todas as suas diferenças e particularidades, você precisa entender que não é inferior a ninguém.A autoaceitação não significa desistir de se tornar melhor,mas é um passo fundamental para a mudança.

Agora, você já sabe: saúde é prioridade, praticar atividades físicas, manter uma alimentação equilibrada, cuidar da pele e dos cabelos. Cuide de você! Olhe-se no espelho e veja o quanto você é linda, única e especial. Você merece todo amor do mundo e esse amor deve começar por você  mesma, aprenda a se amar e se cuidar cada dia mais!

Clínica Optimiza
Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Quando a queda de cabelo é normal?

Achar fios de cabelo pela casa já faz parte do nosso cotidiano. Seja no travesseiro, nas roupas ou principalmente quando o cabelo está sendo lavado. Mas se essa situação acontece com frequência excessiva é necessário ficar atento e tomar cuidados para que isso não se torne um caso mais grave. Uma pergunta importante que deve ser feita é: Quando a queda de cabelo é normal?

Muitas pessoas ainda têm dúvidas em relação a isso, então vamos esclarecer alguns fatos sobre esse tema durante o texto.

Os fios podem cair por diversos motivos, mas a falta de cuidado e hábitos errados são os fatores que mais podem causar a queda. O cabelo é uma parte do nosso corpo e também necessita de atenção!

Então, evitar o uso de química, chapinhas e secadores, já é um bom começo. Ao deixar essas ações de lado, estará protegendo o seu cabelo e trazendo muitos outros benefícios – além de evitar a queda. Quer saber mais sobre algumas precauções com o cabelo? Clique aqui e confira.

Quando a queda de cabelo é normal?

A queda de até 100 fios por dia é considerada normal, pois o cabelo possui um ciclo definido: ele nasce, cresce, se desenvolve e cai. Outro fator que também influencia na queda é o clima. Verão e Inverno, por serem climas mais rígidos, danificam o cabelo e acabam causando a queda. Essa diferença é mais notada no clima frio, pois no calor é normal a pessoa lavar o cabelo mais vezes, o deixando hidratado, o que diminui o número de fios caídos.

Causas da queda de cabelo

Cada organismo trabalha de uma forma diferente, por esse motivo existem várias causas para a queda de cabelo. Quando há um excesso de fios caindo é bom procurar um especialista. Ele vai analisar o seu cabelo, seu organismo, sua rotina e vai identificar o motivo da queda.

Estresse

O estresse é uma das principais causas da queda de cabelo. O corpo não funciona como deveria e os nutrientes que seriam divididos para todas as áreas ficam retidos para combater esse problema.

Anemia

Essa doença é causada pela falta de ferro no organismo: ela ocorre quando existe a falta de hemoglobina no sangue, e isso acontece pela falta de nutrientes ou por fatores genéticos. É por esse motivo que ocorre a queda dos fios, pois eles não recebem as vitaminas que precisam para se desenvolver, o que os deixam quebradiços até eles caírem.

Água quente

Lavar a cabeça com água quente não faz bem para o couro cabeludo. Além de aumentar as chances de ter caspa, a temperatura alta tira o sebo natural que protege o cabelo. Isso causa o ressecamento dos fios e, consequentemente, sua queda.

Dietas

O cabelo necessita de nutrientes e minerais para crescer saudável. Ao fazer uma dieta que elimina certos alimentos, os fios sentem essa falta e acabam caindo. O ideal é procurar por um especialista para que ele indique a maneira correta para substituir alimentos, dessa forma nenhuma parte do corpo sai prejudicada.

Oleosidade

A oleosidade também facilita a queda de cabelo. Ela torna o couro cabeludo um ambiente propício para fungos, o que causa coceira e danifica o fio. A rotina de lavagem do cabelo é fundamental para que ele não fique oleoso. Se o seu cabelo é mais oleoso, você pode optar por lavar dia sim, dia não.

Esses são só alguns motivos que podem levar a queda, mas existem muitos outros. Por essa razão é muito importante ficar atento a quantidade de fios que estão caindo. E principalmente, prestar mais atenção para evitar que isso ocorra com o seu cabelo.

Como evitar a queda?

O cabelo precisa de zelo e carinho e quando isso não acontece é normal que ele comece a perder o brilho, ficar oleoso e cair.

Mas mudando alguns hábitos e começando a reparar que as madeixas também precisam de atenção, isso pode ser evitado. A maneira mais fácil de começar é analisando os fios e identificando quais as melhores formas de cuidar dele.

Para evitar problemas mais sérios em relação a queda é necessário adotar práticas como:

  • Lavar o cabelo dia sim, dia não;
  • Usar produtos para o seu tipo de cabelo;
  • Não dormir com o cabelo molhado;
  • Fazer hidratação nos fios;
  • Possuir uma alimentação saudável;
  • Lavar o cabelo com água morna.

Realizando essas ações, as chances do seu cabelo cair em excesso diminuem. Além disso, esses hábitos vão trazer muitos outros benefícios para o seu cabelo, como mais brilho, maciez e a reduzir o temido frizz.

Tricologia

A Tricologia é uma área dentro da Dermatologia especializada nos cuidados com o cabelo. Primeiro é feito um estudo no couro cabeludo do paciente, e posteriormente o tratamento necessário é realizado. As consultas são direcionadas para queda de cabelo, enfraquecimento dos fios e vários outros problemas relacionados às madeixas.

A Clínica Optimize possui o primeiro Centro de Terapia Capilar de Juiz de Fora, que oferece os melhores tratamentos para cabelos sensíveis. Durante a primeira consulta é realizado o mapeamento capilar e a dermatoscopia digital do couro cabeludo. Também é feito a anamnese e o exame físico com muita atenção e cuidado. Está sentindo que o seu cabelo está sem brilho e que está caindo cada vez mais? Marque já sua consulta!

Clínica Optimize
Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Outubro Rosa, mês de prevenção ao Câncer de Mama

O Outubro Rosa, mês da prevenção ao Câncer de Mama, é uma campanha de grande importância, que foi criada como o objetivo de alertar mulheres sobre essa doença tão perigosa. Em 2019, a estimativa de novos casos da doença é de 59.700 mil. O câncer de mama é o segundo que mais mata mulheres no mundo todo, ficando atrás somente do câncer de pele – responsável pelo Melanoma (clique aqui para mais informações).

Todos os tipos de câncer, quando descobertos em seus estágios iniciais, possuem maiores chances de cura. O Câncer de Mama, em específico, possui um exame, que pode ser feito em casa. Mas muitas mulheres não o realizam por não saberem como fazer. Dessa forma, esse texto além de tirar as principais dúvidas sobre o tema, vai ensinar como identificar um nódulo.

O Câncer de Mama

Assim como os outros tipos de câncer, o que afeta a mama é causado pela multiplicação indesejada de células. Quando isso acontece, células boas se transformam em malignas, que ao se reproduzir, causam o câncer. Por mais que seja uma doença que atinge em grande maioria as mulheres, os homens não estão imunes a ela. Em 2017, houve 16.927 mortes relacionadas ao Câncer de Mama, delas 16.724 foram de mulheres e 203 homens.

O câncer de mama pode ser dividido em 4 estágios. Quando classificados como 0, 1 ou 2, ele ainda está no início e não atingiu nenhum outro órgãos. Os estágios 3 e 4 são um período mais avançado. O 3 por ter se espalhado pelos nódulos linfáticos ou por outras regiões do peito. E, por fim, o 4, significando que o Câncer se espalhou para outras partes do corpo, como fígado, rim, pulmões, entre outras regiões. Isso mostra a importância de fazer os exames e estar sempre atenta aos sinais do seu corpo.

Sintomas

Apesar de variar para cada pessoa, o Câncer de mama possui alguns sinais que podem indicar que existe algo errado. O indicado é que a mulher repare sempre nas mamas e em caso de alguma alteração, procure um especialista. Além disso, é sempre necessário fazer o autoexame, que tem uma uma função muito importante para identificar essa doença.

Mas iremos falar sobre esse assunto daqui a pouco, antes, vamos saber alguns sintomas que podem ajudar no reconhecimento da doença:

  • Presença de nódulo indolor;
  • Mudança na coloração do mamilo;
  • Irritação em um local específico da mama;
  • Vazamento de líquido pelo mamilo;
  • Inchaço na mama;
  • Pele do mamilo mais dura;
  • Presença de vermelhidão na área;
  • Surgimento de crosta na região;
  • Dor na mama.

Uma das indicações para descobrir se há algum nódulo na sua mama é o Autoexame. Através dele, cerca de 80% das mulheres já descobriram o próprio câncer. Para que ele seja feito da forma correta, existem alguns passos que devem ser seguidos.

O Autoexame

O mês da prevenção ao câncer de mama orienta que todas as mulheres que possuem mais de 20 anos de idade façam o autoexame todo mês, no período de 5 ou 7 dias após a menstruação. Para realizá-lo é necessário seguir algumas orientações, elas vão deixar o exame fácil e preciso. Primeiramente, escolha fazer o exame na frente do espelho, sentada ou deitada.

Na frente do espelho observe o peito antes de começar a tocá-lo, veja se um está maior do que o outro, se há alguma parte inchada ou com um formato diferente. Logo após, repita esse processo com os braços abaixados, com a mão apertando a cintura e com elas atrás da cabeça. Depois que realizar todos esses procedimentos de observação, comece o autoexame.

Durante o banho, apoie a mão direita atrás da cabeça e com a outra mão realize o autoexame na mama direita. Faça movimentos circulares em toda a mama de cima para baixo. Com cuidado, use as pontas dos dedos e não as unhas. Logo depois de terminar o primeiro, repita os mesmos processos no outro seio.

Para realizar o exame deitada é necessário utilizar uma toalha sobre o ombro direito enquanto estiver examinando a mama direita. Realize movimentos circulares fazendo um pouco de pressão na mama, depois faça os mesmos movimentos na região da axila. Por fim, depois de analisar com cuidado, realize o procedimento do outro lado.

Informações importantes

É muito importante ressaltar que o autoexame é somente uma forma de prevenção, e que caso você perceba qualquer coisa diferente é preciso recorrer a um especialista para que ele realize exames adequados. Além disso, mulheres acima de 40 anos devem procurar um médico regularmente para fazer a mamografia, um exame que analisa a mama de forma completa e possibilita resultados mais precisos.

O Outubro rosa, sendo o mês de Prevenção ao Câncer de Mama, representa uma causa muito importante para todas as mulheres. Por isso, nós da Optimize apoiamos essa campanha, e buscamos compartilhar mais informações sobre o assunto. Em caso de dúvida sobre o assunto ou se tiver observado algo de errado com os seus seios, procure um especialista para te orientar.

Clínica Optimize
Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Microagulhamento, a solução para manchas resistentes

A solução para as manchas resistentes que aparecem na nossa pele é o Microagulhamento. Esta é uma das tecnologias da dermatologia mais comentada no momento, principalmente por ter sido recomendada por pessoas famosas. Por outro lado ao ver as fotos desse procedimento, pode haver algum certo estranhamento e o aparecimento de dúvidas. O que é realmente esse tratamento? Para que ele serve? Ele é doloroso? Essas são algumas perguntas que vamos responder nesse texto.

O Microagulhamento é um sistema que ajuda a eliminar as manchas mais resistentes que temos na pele, como o melasma. Também existem outros benefícios dessa inovação, como o tratamento de cicatrizes, auxílio contra as estrias e ajuda na sustentação da pele, levando resistência e atraso no aparecimento das rugas. Além desse método de combater o envelhecimento, existem outras maneiras de adiar o aparecimento das temidas rugas, clique aqui para conferir.

O que é o Microagulhamento?

Essa é uma das maiores dúvidas sobre esse tema, apesar já ter virado muito comum em clínicas de dermatologia, os procedimentos que acontecem ainda são bem desconhecidos. O Microagulhamento ou a Indução Percutânea de Colágeno é um tratamento dermatológico que envolve o uso de agulhas. Geralmente, são bem pequenas e servem para perfurar a pele, estimulando a formação de colágeno e elastina.

O intuito deste procedimento é a solução para manchas resistentes e outros problemas que dão na pele. Ele pode ser feito com rolos ou canetas de microagulhas, para que seja feita essa escolha o dermatologista deve levar em consideração as necessidades de cada paciente. Mas afinal, como esse tratamento é realizado?

Como é a solução para manchas resistentes?

O receio sobre esse procedimento começa quando imagens do procedimento são divulgadas na internet. Entretanto, saber como o tratamento é feito, pode ajudar as pessoas a entenderem melhor esse tema. Existem alguns cuidados antes da realização da sessão, que variam para cada tipo pele. Por isso, é o seu dermatologista que indicará o que deve ser feito antes de fazer o Microagulhamento.

Assim que a sua pele estiver apta, o especialista irá marcar o procedimento. O primeiro passo a ser feito é anestesiar o local em que as agulhas vão penetrar na pele. O tratamento é realizado com movimentos de vai e vem na pele, usando também posições diferentes em cada parte da pele. Pode haver um leve sangramento, o que é normal e logo é interrompido. Isso acontece por causa da espessura das agulhas, que variam de 0,25mm até 3mm. É sempre importante ressaltar que esse tratamento é indolor por causa da anestesia, porém em algumas regiões mais sensíveis é possível sentir um pequeno desconforto.

Ao mesmo tempo em que essa etapa está sendo executada, o dermatologista pode fazer o uso de medicamentos na pele, de forma que eles penetrem com mais intensidade. A associação do Microagulhamento com o uso dos medicamentos se chama drug delivery. Contudo, o uso desse método depende do que o paciente deseja atingir com o tratamento. Depois do final da sessão, o seu dermatologista vai recomendar alguns cuidados que devem ser tomados após o procedimento.

Precauções pós tratamento

Depois do tratamento, o local da aplicação ficará mais sensível. Por isso a pele pode apresentar vermelhidão e ainda há a possibilidade de aparecerem crostas na pele, assim como descamação. Então como devem ter alguns cuidados antes de realizar o procedimento, após ele também existem responsabilidades. Sem essas ações, manchas podem aparecer na pele, então seguir o que for recomendado é essencial. Contudo, cada pele tem seu diferencial e cada pessoa deve seguir as orientações do seu médico, porém algumas recomendações são básicas.

Para que não exista complicações pós tratamento é muito importante tomar alguns cuidados, como:

  • Não pegue sol durante um mês e meio;
  • Passe protetor solar com um filtro maior que 30, quando sair de dia;
  • Não arranque a crosta, caso ela apareça;
  • Aplique os remédios que o médico receitar;
  • Evite passar água quente no rosto.

Solução para manchas resistentes

Quando esse procedimento é feito, o organismo tenta recuperar os furos que foram feito na pele, sendo assim ele acelera a produção de colágeno e elastano, responsáveis por deixar a pele mais resistente e macia. Dessa forma a Indução Percutânea de Colágeno é realizada e esses componentes ajudam as fibras a se reorganizarem, o que ajuda a eliminar rugas, cicatrizes e manchas profundas como o melasma.

Profissionais qualificados

Já que esse é um procedimento dermatológico que envolve muitos cuidados com a pele, é muito importante que você procure um especialista. Uma vez que, só ele vai poder analisar a sua pele e saber quais são as suas necessidades e o tratamento mais adequado para ela.

A Clínica Optimize realiza esse procedimento, buscando atender pessoas que procuram uma solução para manchas mais resistentes, que não reagem bem a tratamentos convencionais. Por isso, temos aqui profissionais capacitados para atender e solucionar o seu problema da forma certa, usando os melhores equipamentos.

Clínica Optimize
Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Maneiras de identificar o melanoma

Antes de identificar o melanoma é necessário reconhecer que ele é uma ameaça para quem anda diariamente durante o dia e sem nenhuma proteção. Da mesma forma, existem outras doenças, que para serem evitadas precisam de um cuidado adequado com a pele. Uma delas é o melasma, que são manchas escuras que se formam principalmente no rosto, para saber mais clique aqui.

A nossa pele está exposta a vários riscos, e até coisas que parecem comuns no nosso cotidiano podem ser um problema para a nossa saúde. Desse modo as manchas e pintas que estamos tão acostumados, nem sempre são normais. Em alguns casos, elas podem ser um melanoma. Mas existem maneiras de identificar o melanoma e diferenciá-lo das nossas habituais marquinhas.

O que é o melanoma

Antes de tudo, é necessário entender que o câncer de pele é causado pela multiplicação de células anormais, que pode ser decorrente de mutações ou de fatores genéticos. O Câncer de pele é o tumor mais comum no Brasil, sendo responsável por mais de 30% dos casos registrados no país. Porém existem mais de um tipo e um deles é o melanoma, que é considerado o mais grave.

Conforme foi dito, o melanoma é um tipo de câncer de pele gerado nos melanócitos, que são as células responsáveis pela pigmentação do corpo e se localizam entre a derme e epiderme. A aparência dessa doença se confunde com manchas e pintas. Porém elas têm algumas diferenças, que nos ajudam a identifica-los.

Tipos de melanoma

Ao mesmo tempo que existem vários tipos de câncer de pele, também é encontrado alguns tipos de melanoma. Umas das principais formas de reconhecer é sabendo distinguir os seus tipos. Cada um deles possuem características diferentes, tanto no sintoma, quanto na aparência. Eles são:

  • Melanoma expansivo superficial: É o tipo mais comum, geralmente caracterizado pelo crescimento de forma irregular de pintas já existentes que chegam a mudar de cor. Mais comum em pessoas de pele branca.
  • Melanoma nodular: É o mais agressivo e o segundo que acontece com mais frequência. Sua coloração pode variar entre preto, vermelho ou até ser incolor. Pode surgir em locais que antes não havia nenhuma mancha e apresentar úlcera e sangramento.
  • Melanoma lentiginoso maligno: É considerado uma lesão superficial, que atinge em sua maioria idosos. Ocorre principalmente por causa da exposição solar e costuma atingir mais as regiões do rosto, ombros, pescoço, braços e pernas.
  • Melanoma lentiginoso acral: É o mais raro entre os melanomas, costuma aparecer na região das mãos, na sola dos pés ou embaixo das unhas. Mais comuns em pessoas negras.

Causas

Da mesma forma que aprendemos como câncer é formado, para entender a causa do melanoma, devemos aprender como ele surge. Quando está tudo normal, as celúlas se reproduzem, fazendo com que as velhas sejam eliminadas. Mas quando há um erro no DNA das células responsáveis pela pigmentação da pele, elas se multilplicam sem parar e acabam causando o Melanoma.

Ainda que seja uma enfermidade comum e atinja muitas pessoas, os especialistas ainda não sabem com precisão o que causa esse defeito nas células. Entretanto a exposição ao sol tem grande chance de ser o principal causador, por consequência da radiação dos raios ultravioletas. No entanto, essa não é a causa de todos os melanomas, levando em consideração que há alguns que aparecem em regiões que não tem contato com o sol.

Fatores de riscos do melanoma

Fator de risco são algumas situações que podem te deixar mais propício a ter uma certa doença. Podem ser influências climáticas, genéticas, características físicas ou comportamentais. Todavia, possuir algum fator de risco não significa necessariamente que alguém terá a doença, somente que existem mais probabilidades se não houver um cuidado. Da mesma forma acontece com o melanoma, que possui alguns fatores que podem deixar as pessoas mais vulneráveis a essa doença, eles são:

  • Exposição aos raios ultravioletas
  • Pessoas com a pele mais clara
  • Ter olhos e cabelos claros
  • Possuir muitas pintas pelo corpo ou pintas muito grandes
  • Histórico de câncer na família
  • Idosos e homens

Identificando o melanoma

Com o intuito de identificar o melanoma é preciso estar atento aos primeiros sinais que as manchas ou pintas apresentam, como surgimento das mesmas depois de adulto, mudanças de cor, formato irregular, coceira, entre outras coisas. No entanto só um dermatologista pode dar a certeza se há ou não a doença. Contudo, pode ser feito um autoexame todos os meses, verificando se existe algo suspeito. Para realizar esse exame, especialistas desenvolveram uma regra chama ABCDE, que ajuda a reconhecer o melanoma e significa:

  • Assimetria: imagine uma linha imaginária no centro da pinta ou da mancha e veja se os lados estão diferentes;
  • Bordas irregulare: Bordas não uniformes;
  • Cor: Apresentar cor desigual;
  • Diâmetro: Maior que 6mm;
  • Evolução: Pintas que mudam de tamanho, cor, formato ou aparência.

Por mais que essa regra ajude, nem todos os melanomas têm esse padrão, dessa forma, sempre que perceber alguma lesão diferente procure imediatamente um especialista , pois só ele será capaz de afirmar se existe ou não um problema.

Tratamentos

Em princípio, antes do tratamento, é importante alertar sobre maneiras para prevenir o melanoma. O principal meio de evitar essa doença é não se expor tanto ao sol. Ou seja, usar óculos escuros, chapéus, procurar sempre uma sombra e não se esquecer de passar protetor solar todos os dias.

Por fim, para tratar o melanoma o primeiro passo é procurar um dermatologista para obter um diagnóstico: se ele identificar um melanoma irá indicar os melhores tratamentos para o problema. A Clínica Optimize possui métodos modernos para a identificação de doenças cutâneas. Estamos sempre buscando cuidar da saúde e do bem-estar dos nossos pacientes, estudando para fazer os melhores tratamentos nessa área. Marque já sua consulta.

Clínica Optimize
Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Maneiras para prevenir as rugas

Falar em rugas pode assustar muitas pessoas devido a sua principal causa: o envelhecimento. Inevitavelmente o tempo vai passando e algumas coisas não podem ser impedidas, uma delas é a idade. Dessa forma, durante os anos a nossa pele vai sendo marcada, pelo tempo, ou por expressões faciais. Isso acaba causando as temidas marquinhas na região do rosto, porém existem maneiras para prevenir as rugas.

Para isso, existem tecnologias, tratamentos e cremes que são feitos com o objetivo de suavizar as rugas. Assim como um cuidado diário pode evitar que as rugas apareçam, e até mesmo tratá-las. O mais importante é você procurar um profissional adequado. Ele irá te receitar os métodos ideais para o seu tipo de ruga. Nesse texto iremos explicar melhor como elas aparecem, como prevenir e cuidar delas.

Como elas surgem

Conforme visto anteriormente, o surgimento das rugas é um sinal de que a pele está envelhecendo. Desse modo ela vai perdendo colágeno, que acaba deixando a pele mais fina e sem resistência. Mas existem fatores externos que podem levar as rugas a aparecerem mais rápido e de uma maneira mais profunda na sua pele. Entre eles estão: se expor ao sol sem o uso de protetor solar, alterações hormonais, fumar, tomar bebidas alcoólicas em excesso.

Portanto, o afinamento da pele que causa as rugas ocorre por dois motivos. Para explicar o primeiro vamos falar sobre a pele e as suas duas camadas: a derme e a epiderme. Quando a derme perde o colágeno, a epiderme fica com uma aparência mais flácida. Juntando isso aos fatores externos, acontece a formação do que chamamos de rugas estáticas, aquelas rugas naturais que aparecem ao longo do tempo.

Por outro lado, o segundo motivo, são as chamadas “linhas de expressão”, que são os movimentos repetitivos que fazemos durante toda a nossa vida, e que deixam essas marcas na pele. Os lugares mais comuns dessas “linhas” surgirem são as áreas da testa, ao redor dos olhos e entre as sobrancelhas. Essas rugas são chamadas de dinâmicas, e são bem mais superficiais.

Maneiras para prevenir as rugas

Antes de qualquer coisa, é fundamental procurar um dermatologista, somente ele será capaz de avaliar seu quadro e indicar o melhor procedimento para o seu tipo de ruga. O médico dermatologista é o único profissional habilitado para oferecer um tratamento adequado – seja ele para evitar as rugas, ou para tratá-las.

Para se prevenir das rugas é importante ter uma alimentação saudável, se manter hidratado, evitar o estresse, usar cremes e fazer uso de outros tratamentos prescritos por um especialista, além de ser essencial usar o protetor solar diariamente – com a atenção e o cuidado de reaplicá-lo ao longo do dia.

Ainda que você consiga adiar ao máximo o aparecimento das rugas é preciso estar ciente que elas irão aparecer. Pois como já foi dito, é algo natural na vida de qualquer pessoa e só depende do tempo. O que pode ser feito para suavizar esse processo são os tratamentos e uma boa orientação médica.

Tratamentos para as rugas

Logo após o aparecimento das rugas é necessário que você vá ao seu dermatologista, e juntos decidam os melhores tratamentos para o seu tipo de pele e de ruga. Além de prevenir novas rugas com os meios apresentados acima, existem muitos tratamentos que podem ser realizados para cuidar das rugas que já apareceram, entre eles estão:

  • Cremes antirrugas: servem para as rugas mais finas e recentes, podem ser aplicados antes de dormir.
  • Acupuntura: aumenta a circulação sanguínea e com isso, aumenta a produção de colágeno.
  • Peeling químico: esse procedimento acelera nosso ciclo de renovação de pele, que geralmente acontece de 7 em 7 anos. A técnica remove as células mortas e as renova, suavizando as rugas.
  • Laser: ele dispara raios de luz na pele, que irão formar lesões pequenas na área que precisa de tratamento. Logo em seguida acontece a reconstituição da pele com mais colágeno.
  • Toxina botulínica: é um processo de rejuvenescimento da pele que suaviza as rugas. Clique aqui para saber mais.

Valorize os procedimentos adequados

A fim de seguir o que foi apresentado nesse texto, o correto é sempre procurar por um especialista para tratar o problema. Na Clínica Optimize você encontra um tratamento compromissado com o seu bem estar! Onde os profissionais estão preparados para oferecer as melhores técnicas e procedimentos para a prevenção ou tratamento das rugas. Dessa forma, mesmo que o tempo passe você continuará tendo qualidade de vida, uma pele saudável e rejuvenescida!

Clínica Optimize
Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Cuidado com o cabelo – O que é verdade e mito?

Optar por estar sempre na moda é um risco para o nosso cabelo. Mudanças recorrentes na cor ou no uso de química, podem deixar os fios ressecados e quebradiços. Além disso, mudanças climáticas também podem prejudicar as madeixas, se não houver um cuidado adequado. Da mesma forma que devemos nos preocupar com o cabelo, também é necessário se preocupar com nossa pele no inverno. Para saber mais sobre os cuidados ideais com a pele nesta época do ano, clique aqui.

Durante a nossa vida aprendemos muitas técnicas de como cuidar do nosso cabelo, mas entre elas, o que é verdade e o que é mito? Nesse texto iremos responder suas dúvidas. Afinal, quem nunca sofreu com frizz, cabelo ressecado ou queda de cabelo? Vamos te ajudar. Entenda melhor por que isso acontece e quais são as maneiras de resolver:

Cuidado com o cabelo: frizz

Antes de falar sobre o que é verdade e mito no cuidado com o cabelo, vamos apresentar os cuidados que realmente dão certo. Dessa forma explicaremos o por quê de algumas situações acontecerem com o nosso cabelo. Vamos começar falando sobre o frizz, que são aqueles fios arrepiados que nós tanto tememos – e odiamos!

O frizz pode aparecer por alguns motivos, entre eles, secar o cabelo com a toalha errada, pentear o cabelo seco, passar muita máscara hidratante, dormir com o cabelo molhado, ou lavar os fios com água muito quente. Para resolver o problema é preciso começar a ter novos hábitos, como usar toalhas de algodão, não lavar o cabelo antes de dormir e lavar os fios apenas com água fria ou morna.

Cuidado com o cabelo: ressecado

Além do frizz, outro problema é o cabelo ressecado. E como é horrível ter suas madeixas com uma aparência sem vida, não é? O nosso cabelo fica ressecado quando não absorve umidade o suficiente. Isso pode acontecer quando os fios ficam sujeitos a algumas situações (entre elas lavar o cabelo com a água muito quente, o uso de chapinhas e secadores em excesso, ou a aplicação recorrente de química).

Para lidar com o ressecamento você pode começar usando shampoo e condicionador próprio para o seu tipo de cabelo, seja ele oleoso, misto ou seco. Para continuar o tratamento evite lavar o cabelo com água quente. E mantenha uma regularidade na hidratação dos fios: no salão 2 vezes por mês ou em casa uma vez por semana.

Cuidado com o cabelo: queda

A queda de cabelo também pode estar ligada ao calor e a química. Mas existem outros fatores que levam a queda. Caspa, anemia, estresse e ausência de vitaminas, são alguns motivos. Especialistas afirmam que até 100 fios de cabelo podem cair por dia de uma maneira normal, mas se houver um aumento nessa quantidade é bom procurar um dermatologista.

Para evitar que o cabelo caia é importante sempre deixá-lo fortalecido e saudável. Ao identificar algum problema você deve procurar um especialista que irá diagnosticar a causa do distúrbio e te passar as melhores soluções para que a queda não ocorra mais.

Continue lavando o cabelo normalmente e não se preocupe com os fios que vão cair nessa hora, pois durante a lavagem alguns fios se soltam normalmente. Caso o motivo da queda seja caspa, o seu dermatologista irá te receitar um produto anticaspa. Se for falta de vitamina o médico irá te passar uma reeducação alimentar ou vitaminas em cápsulas. Mas se o problema vier da química, da chapinha ou do secador o ideal é parar com esses procedimentos por um tempo.

Mitos e verdades

Agora vamos falar sobre esse assunto tão esperado e responder suas possíveis dúvidas.

  • “Cortar as pontas do cabelo faz ele crescer” – Isso é um mito. Tirar as pontas do cabelo deixa ele com um aspecto mais bonito, mas não ajuda no crescimento. Para isso, você tem que cuidar bem do couro cabeludo.
  • “Lavar o cabelo todo dia faz mal” – Depende. Se o seu cabelo for oleoso é bom você lavar ele todo dia, agora se o seu for seco, lave só 3 vezes durante a semana. Se tiver alguma dúvida pergunte ao dermatologista.
  • “Água fria deixa o cabelo mais brilhante” – Verdade. Mas você não precisa fazer todo o processo de lavagem do cabelo com a água fria: lave ele com água morna e quando acabar, dê uma ducha gelada nos fios para finalizar.
  • “Comer alguns alimentos ajudam a melhorar o cabelo” – Verdade. Ingerir alimentos ricos em vitamina A ajudam a produzir sebo o suficiente, o que vai deixar seu cabelo mais saudável.
  • “Deixar o hidratante no cabelo por horas ajuda a melhorar a hidratação” – Mito. Inclusive, deixar creme no cabelo por muito tempo pode prejudicá-lo ao invés de melhorar.

Você sabe o que é um Centro de Terapia Capilar?

Um Centro de terapia capilar é responsável por tratar seu cabelo de uma forma não invasiva. Usando técnicas manuais, aparelhos e cosméticos feitos para esse tipo específico de tratamento. O terapeuta capilar é um profissional especializado em cuidar do couro cabeludo, identificar a melhor maneira de deixar ele saudável e te informar quais mudanças você deve fazer para que o cabelo se mantenha assim.

A Clínica Optimize possui o 1º Centro de Terapia Capilar de Juiz de Fora. O objetivo é deixar os seus fios sempre mais saudáveis, para que você possa ter um cabelo lindo e cheio de vida. Venha conhecer esse novo espaço, feito para você, com todo compromisso e cuidado.

Clínica Optimize
Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Saiba tudo sobre as temidas estrias

Muitas pessoas sofrem diariamente com estrias, vivendo com vergonha do seu corpo e se limitando a não vestir um short curto, um biquíni, uma roupa que mostre mais o corpo. Mulheres que acabaram de ter filho também sofrem bastante com isso, mas estrias não atinge só as mulheres, muitos homens também podem ter.

São situações assim que acabam nos desmotivando com nosso próprio corpo, mas existem maneiras de cuidar e evitar que as temidas estrias apareçam. Vamos aprender?

O que são as temidas estrias?

Estrias são aquelas marquinhas que aparecem no nosso corpo depois de uma grande e rápida mudança, sendo em sua maioria em relação a peso – perda ou ganho.

As estrias são causadas pelos rompimentos de fibra elástica da pele, que apesar de serem bastante resistentes, possuem um limite. Quando essa pressão é maior do que o corpo pode suportar, é formada uma linha que se assemelha a uma cicatriz. É o que chamamos de estria.

Elas podem ocorrer por uma série de motivos, entre eles o aumento ou perda de peso, gravidez, aplicação de silicone nos seios e ganho de músculo. As estrias também podem aparecer em qualquer parte do corpo, porém o aparecimento é mais comum na barriga, costas, seios, braços e glúteos.

Tipos de estrias

Existem 3 tipos de estrias, todos elas têm características que variam entre tempo, espessura e profundidade. É importante frisar que cada tipo de estria demanda um tratamento específico.

As estrias mais recentes têm um tom avermelhado ou puxado para o roxo e, como ainda estão cicatrizando, podem arder e coçar. Já as estrias que já cicatrizaram ficam brancas e podem se diferenciar pelo formato, sendo do tipo branca, superficial e estreita ou branca, profunda e larga. Estrias já cicatrizadas são mais difíceis de tratar e por isso necessitam de um cuidado ainda mais especial e um tratamento adequado.

Tratamentos

Nem tudo no nosso corpo nos agrada e querer mudar para se sentir mais confiante é normal, o importante é sempre ter um acompanhamento de um médico ou profissional da área para auxiliar que tudo seja feito de forma segura.

Para o tratamento das estrias, o primeiro passo é procurar um dermatologista. Ele irá te indicar os procedimentos ideais para o seu tipo de estria e te passar os cremes e esfoliantes corretos para usar na sua pele.

Para as estrias vermelhas, as esfoliações e hidratações da pele são comumente indicadas. Já para o tratamento das esbranquiçadas é necessário fazer um estímulo na circulação sanguínea do local, isso irá estimular a formação de novas células de colágeno e elastina, e assim, diminuir o tamanho da estria ou até mesmo deixá-la imperceptível.

Outros tratamentos disponíveis são peeling de ácido retinóico em alta concentração, microdermoabrasão, intradermoterapia e a Indução Percutânea de Colágeno (IPCA®). Esses procedimentos devem ser feitos apenas por um dermatologista.

Como evitar?

Prevenir as estrias é simples e eficiente, com um pouco de esforço você pode evitar esse problema e se manter segura com o seu corpo. Aí vão algumas dicas!

1° Passe hidratante na sua pele todos os dias!

2° Se mantenha bem hidratada, beba bastante água;

3° Tenha uma boa alimentação;

4° Pratique atividades físicas;

5° Tente não oscilar tanto o seu peso.

Dicas para quem tem estrias:

A melhor dica é procurar um especialista, que te dê todo o suporte necessário e que entenda os melhores métodos para cuidar do seu corpo do jeito que ele é.

A Clínica Optimize te oferece tudo isso e muito mais, sendo especializada em cada tipo de estria, e se esforçando para te entregar o melhor resultado possível. Aqui temos equipamentos modernos e profissionais especializados, tudo para te proporcionar o melhor tratamento! Agende já a sua consulta!

Clínica Optimize
Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá Clinica Optimize! Cheguei até aqui pelo link da sua Landing Page, podemos conversar? []