(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617

Estou com Melasma. E agora?

O melasma é uma doença crônica que se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras na pele, principalmente no rosto. Essa é uma condição que gera muitos incômodos e afeta diretamente a autoestima por modificarem o aspecto da face. No entanto, esse é um diagnóstico tratável e é totalmente possível amenizar as manchinhas. Assim, você pode conviver bem com isso e se sentir satisfeito (a) com a sua pele.

Atriz e cantora Cléo Pires aborda o tema Melasma em postagem no Instagram – Foto: Divulgação

Como surge o Melasma?

Em nossa derme há a presença de células chamadas melanócitos, que são responsáveis pela produção da melanina, a substância que define a coloração da pele. Cada corpo produz uma quantidade, mas em situações em que os melanócitos estão mais ativados e produzem em excesso, aparecem as manchas conhecidas como melasma.

Por que isso ocorre?

Não existe uma causa definida para o melasma, diferentes fatores podem estimular o seu aparecimento, como, por exemplo:

1.Predisposição genética: o paciente herda as células com o distúrbio.
2. Exposição à luz solar: este é um fator desencadeante das manchas e não precisa ter ocorrido recentemente, pode ter sido por momentos de exposição mais antigos.
3. Fatores hormonais: os melanócitos possuem receptores para os hormônios femininos, por isso o melasma é mais frequente em mulheres. Assim, o uso de anticoncepcional e a gravidez podem estimular o aparecimento das manchas.

Além dos fatores mencionados, ainda é possível que o melasma apareça por questões emocionais, como o estresse; por uso de medicações, como os antidepressivos; por exposição à luz visível, além de uso de alguns tipos de laser e traumas locais.

Como identificar as manchas?
O melasma é caracterizado por manchas escuras ou amarronzadas que surgem principalmente nas áreas faciais como bochechas, testa, dorso do nariz e região superior aos lábios. Apesar de ser incomum, também há ocorrência extrafacial, com acometimento dos braços, pescoço e colo.

Melanose solar
Essa é uma situação diferente do melasma, mas que também merece atenção. A melanose solar é conhecida como mancha solar e é causada pelo dano acumulativo do sol. Geralmente, possuem a forma arredondada e localizam e áreas de exposição ao sol como face, colo, mãos e antebraços. Quando não são tratadas, elas vão aumentando gradativamente. Esse é um caso em que também se destaca a importância da fotoproteção para preveni-las. Mas, para quem já possui, é possível tratar através de procedimentos dermatológicos.

Tratamento
O tratamento adequado para o Melasma deve ser indicado por um dermatologista, pois cada caso é único. Além disso, este é um trabalho desafiador, uma vez que moramos em um país tropical.

Dentre as orientações recomendadas, está o uso do filtro solar diariamente, sendo que ele deve ser reaplicado ao longo do dia. Também é indicado que o fator de proteção seja acima de 50 e que o filtro contenha base, para reforçar a proteção.

Há também os filtros solares orais,  antioxidantes que ajudam no tratamento e potencializam os resultados, mas não substituem o filtro aplicado diretamente na pele.

O tratamento do melasma prevê medidas para clarear, estabilizar e impedir que o pigmento volte. Por isso, utiliza medicamentos tópicos e procedimentos para o clareamento, como: peelings, aplicações de lasers spectra, microagulhamento, intradermoterapia, entre outros.

É importante destacar que cada pessoa tem uma resposta diferente, por isso, a importância de consultar o dermatologista, para que o seu tratamento seja individualizado e te traga melhores resultados.

 

Foto: WikiHow

 

Como prevenir?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a maior forma de prevenir o melasma é a proteção solar. As medidas de proteção devem ser realizadas diariamente, mesmo que o dia esteja nublado ou chuvoso. Como o melasma pigmenta também com a luz visível, os filtros solares comuns não protegem totalmente as pessoas com melasma. Por isso, devem-se associar à fotoproteção filtros físicos, que protegem da luz visível. Outra medida importante é a reaplicação do filtro solar, para manter a proteção adequada durante todo o dia.

As pessoas com melasma devem também utilizar roupas, chapéus, bonés, óculos escuros, sombrinhas e guarda-sóis. Toda a medida que evite a exposição solar da região acometida deve ser estimulada.

Cuide-se

A Dermatologia Clínica e Preventiva é responsável pelo diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças que atingem a pele e seus anexos. A clínica Optimize se preocupa em cuidar da sua saúde, seu bem estar e autoestima.

Trabalhamos com médicos especializados e tecnologia avançada, oferecendo tratamentos individualizados que proporcionam qualidade de vida.

Agende sua consulta.

Clinica Optimize
Centro Médico Monte Sinai – Avenida Presidente Itamar Franco, 4001 Sala: 713 – Leste
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
Instagram | Facebook

Leia também: Como corrigir o umbigo triste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá Clinica Optimize! Cheguei até aqui pelo link da sua Landing Page, podemos conversar? []