(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617

Calvície masculina: conheça as causas, diagnóstico e tratamento

O cabelo e a autoestima estão intimamente ligados, por isso, problemas relacionados à calvície podem trazer prejuízos emocionais e sociais. Para as as mulheres, o cabelo é visto como um componente importante de sua feminilidade. Para os homens pode parecer mais natural e aceitável “ficar careca”, mas muitos gostariam de permanecer com os fios bonitos e saudáveis.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a calvície ou alopecia androgenética afeta cerca de metade dos homens até os 50 anos de idade. Essa é uma das principais causas da queda de cabelo e, embora não provoque nenhum risco à saúde, pode afetar o psicológico, o comportamento e as relações.

Causas

A perda de cabelos ocorre de forma natural em nosso organismo, sendo que diariamente, pode-se ter uma queda de aproximadamente 70 a 100 fios, que são repostos normalmente. No entanto, na calvície, essa reposição não acontece.

 

A alopecia androgenética começa a se desenvolver ainda na adolescência e suas causas podem estar relacionada a: fatores genéticos, ou seja, uma característica herdada de familiares que também a possuem; fatores hormonais, uma vez que a testosterona afeta diretamente no crescimento dos pêlos, provocando uma diminuição gradual dos fios, que vão ficando mais curtos, finos e claros.

Como identificar?
A principal queixa da calvície é o afinamento dos fios. Os cabelos começam a ficar mais ralos e, posteriormente, o couro cabeludo mais visível. O grau de manifestação pode variar em cada homem, por isso é importante observar.

Se existir predisposição genética, busque orientação médica para identificar o risco de desenvolver a doença e, consequentemente, antecipar o tratamento.

Diagnóstico
Diante de qualquer alteração no padrão de queda de cabelos ou de seu crescimento, é importante consultar um dermatologista para que ele avalie a causa da perda capilar.

Na clínica Optimize é feita uma consulta tricológica, que direcionada às queixas referentes aos cabelos. De forma minuciosa, são feitas a anamnese e o exame físico, focados na avaliação do couro cabeludo e fios. . Saiba mais.

Tratamento para Calvície

Somente um profissional pode estabelecer o tratamento adequado para cada paciente. Sendo que, ele pode se basear em estimulantes do crescimento dos fios como o minoxidil e também com o uso de bloqueadores hormonais. O principal objetivo é estacionar o processo e recuperar parte da perda.

O MMP (Microinfusão de Medicamentos Percutânea) também é um método eficaz e moderno que entrega ativos diretamente à pele do couro cabeludo, na profundidade adequada para atingir o bulbo capilar, o que pode amenizar ou corrigir o problema.

Agende sua consulta!
(32) 3025.4344 ou (32) 99129.0617 .
Centro Médico Monte Sinai, que fica na Avenida Presidente Itamar Franco, 4001 Sala: 713 – Leste , no bairro Cascatinha em Juiz de Fora (MG).

 

Tricoscopia: diagnóstico precoce no tratamento para queda de cabelo

A tricoscopia digital é um exame dermatoscópico que permite visualizar o couro cabeludo, os ostios foliculares e as hastes dos pelos em imagens ampliadas. Este método permite o diagnóstico mais confiável de diversas alopecias, como as calvícies de padrão feminino e masculino, queda crônica dos fios, entre outras doenças que acometem o couro cabeludo.

A tricoscopia examina de forma comparativa os diferentes locais dos fios de cabelo e do couro cabeludo e detecta as áreas de comprometimento, sendo uma ferramenta importante para descobrir a causa da queda de cabelo. Esta técnica é simples, indolor, não invasiva e deve ser feita no consultório de um médico dermatologista.

QUEDA DE CABELO

É normal perder cerca de 100 fios de cabelo por dia, uma vez que os fios possuem um ciclo de crescimento e queda natural. No entanto, quando essa quantidade é aumentada pode significar que a sua estrutura capilar está fragilizada. Nesse caso, é importante prestar atenção e procurar um dermatologista para descobrir a causa e tratá-la

Fatores que podem desencadear a queda de cabelo:má alimentação e deficiência nutricional, problemas na tireoide, causas emocionais e/ou psicológicas; excesso de química nos cabelos (tinturas, progressivas), anemia, deficiência de vitaminas, principalmente zinco e ferro; baixa imunidade, eflúvio telógeno, dermatite seborreica; fungos e bactérias; excesso de oleosidade; doenças infecciosas. Nas mulheres, também pode-se apontar ainda as seguintes causas: anticoncepcional;  muita quantidade de hormônio testosterona; desequilíbrio dos hormônios femininos; reações da amamentação e/ou pós parto e sintomas da gravidez.

CALVÍCIE

  • Masculina: a calvície é uma forma de alopécia caracterizada por uma gradual e progressiva perda de cabelos  causada por uma alteração genética herdada de uma substância de ocorrência natural chamada DHT. O tipo mais comum de calvície masculina é a alopecia androgenética, (AAG), que atinge mais de 50% dos homens. A calvície masculina não tem cura ou prevenção, mas o tratamento precoce retarda seu avanço.
  • Feminina: alopecia, também conhecida como calvície, é um problema que pode levar à perda total ou parcial dos cabelos e pode se manisfestar por diferentes motivos. Os sinais de calvície feminina também podem variar, mas é possível observar uma queda de cabelos maior do que habitual, afinamento dos fios, cabelo ralo, clareamento dos fios, couro cabeludo mais aberto, seborreia e também sintomas como irregularidade menstrual, acne, obesidade e aumento de pelos em outras partes do corpo, como o rosto. Leia mais informações: Calvície feminina: conheça os sinais e o tratamento.

TRATAMENTO

Atualmente,  existem diferentes tratamentos para prevenir, amenizar e sanar os problemas que envolvem a queda de cabelo. Para saber o método ideal, é necessário consultar um dermatologista, que poderá  analisar as características  das prováveis causas do problema. Nessa etapa, de investigação, o exame de Tricoscopia digital é um grande aliado.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia alerta: “não se automedique para tratar a perda de cabelo, pois pode colocar sua saúde e sua beleza em risco. Para saber o tratamento mais indicado, procure um dermatologista, o médico especialista em pele, cabelos e unhas”.

Clínica Optimize 

A Clínica Optimize é especializada nas áreas de dermatologia e cosmiatria. Faça sua consulta tricológica.

Contatos  (32) 3025.4344 ou (32) 99129.0617 . Estamos localizados no Centro Médico Monte Sinai, que fica na Avenida Presidente Itamar Franco, 4001 Sala: 713 – Leste , no bairro Cascatinha em Juiz de Fora (MG).

Conheça também as nossas redes sociais Facebook e Instagram.

Como cuidar do cabelo com o método Low poo?

A técnica low poo, que em português significa pouco shampoo, tem por objetivo diminuir o uso de determinados componentes que estão presentes nos produtos de cabelo tradicionais. Assim, a ideia é usar apenas shampoos sem sulfato e sem petrolato.

Os sulfatos são responsáveis por realizar uma limpeza profunda nos fios, o que pode diminuir a oleosidade natural, provocando um ressecamento. No método low poo a lavagem e demais cuidados com o cabelo devem ser feitas com menos impacto.

Existe também o No-Poo, que seria uma técnica sem nenhuma química. As duas propõem que os cabelos sejam tratados da forma mais natural possível.

Muitas pessoas, principalmente as mulheres, passaram a aderir o Low poo para recuperar o aspecto natural dos seus cabelos, eliminando não só a química presente nos shampoos tradicionais, mas também a que existe nos procedimentos de salão de beleza.

As mulheres cacheadas encontraram não só uma forma de cuidado, mas também de aceitação e empoderamento ao voltarem a usar os cabelos com cachos.

Como identificar os produtos que se encaixam nesses métodos?

Os nomes das substâncias que não devem ser usadas no Low poo e Noo poo podem variar muito. Além disso, nas prateleiras mais acessíveis, como as do mercado, ainda predominam os produtos tradicionais.

Porém, já é possível encontrar diferentes marcas que trabalham com essas técnicas. Para isso, o site Cacheia criou um manual recheado de orientações e imagens para ajudar nesse processo de transição. Confira: Manual low poo

Consulta tricológica

É importante ressaltar que cada pessoa possui características diferentes, além de preferências individuais. Mas, o que pode contribuir para a escolha de um cuidado ou tratamento adequado é a realização de uma Consulta tricológica com um dermatologista

Essa consulta é direcionada às queixas referentes aos cabelos. São feitos uma anamnese e um exame físico minuciosos e focados na avaliação do couro cabeludo e dos fios. O primeiro atendimento inclui o mapeamento capilar e a dermatoscopia digital do couro cabeludo.

Agende:

Clínica Optimize

Centro Médico Monte Sinai
Avenida Presidente Itamar Franco, 4001
Sala: 713 – Leste – CEP 36033-318
Cascatinha – Juiz de Fora – MG
(32) 3025.4344 | (32) 99129.0617
contato@clinicaoptimize.com.br

Calvície feminina: conheça os sinais e o tratamento

A queda acentuada de cabelos muda significativamente a aparência das pessoas e, infelizmente, muitas vezes isso gera implicações sociais e psicológicas. A calvície feminina é menos frequente do que a masculina, mas também é uma condição que merece atenção e existe tratamento. Saiba mais.

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), 30% de todas as mulheres do mundo sofrerão com algum problema relacionado à calvície após os 50 anos de idade. Porém, atualmente, muitas mulheres jovens têm apontado queixas de problemas relacionados à calvície, o que mostra a necessidade de

estar atento a saúde capilar, pois existem métodos de tratamento eficazes e as chances de êxito são maiores quando iniciadas precocemente.

Tipos de Alopecia

Alopecia, também conhecida como calvície, é um problema que pode levar à perda total ou parcial dos cabelos.  Nos homens, a perda de cabelo tende a se concentrar no topo do couro cabeludo. Nas mulheres, é mais difusa.

A alopecia pode ter diferentes origens e manifestações, entre os principais estão:

Alopecia androgenética: ocorrência mais habitual dentre as alopecias, nesse tipo a perda de cabelo é causada por fatores genéticos.

Eflúvio: provoca queda de cabelo generalizada, mas não chega a produzir calvície total. O cabelo fica fraco, sem vida e escasso. Ocorre devido a processos infecciosos, traumas, cirurgias e início ou interrupção de medicamentos.

Alopecia areata: se desenvolve de forma imprevisível e é caracterizada pela perda do cabelo sob a forma de mechas redondas, podendo atingir outras partes do corpo, além do couro cabeludo. Esse tipo pode evoluir até a calvície total.

Alopecia cicatricial: não muito comum, é a calvície que se produz  devido à destruição dos folículos pilosos ou resultado de uma má-formação. Nesse caso, fios novos não nascem, pois um tecido cicatricial permanente foi formado.

 

Calvicie Feminina
Tipos de Alopecia

 

Causas e Sinais

No geral, as causas da calvície feminina variam e podem ser decorrentes de fatores genéticos, disfunções ou alterações hormonais,  inflamações no couro cabeludo, dietas com carências nutricionais, problemas na tireoide, uso excessivo de produtos químicos, entre outros.

Os sinais de calvície feminina também podem variar, mas é possível observar uma queda de cabelos maior do que habitual, afinamento dos fios, cabelo ralo, clareamento dos fios, couro cabeludo mais aberto, seborreia e também sintomas como irregularidade menstrual, acne, obesidade e aumento de pelos em outras partes do corpo, como o rosto.

Como tratar a Calvície Feminina

O diagnóstico da calvície feminina deve ser feito pelo dermatologista, que realiza uma avaliação da queda de cabelo e também da presença de outros fatores irregulares. O médico pode ainda solicitar exames complementares para confirmar o diagnóstico, como a dermatoscopia, que avalia couro cabeludo através de uma lupa especial, o tricograma, para visualizar o fio do cabelo no microscópio, e a biópsia do couro cabeludo.

O tratamento da alopecia pode ser feito através de medicamentos, suprimentos de nutrientes e vitaminas, além de tratar os fatores indiretos.

Outro tratamento altamente eficaz na recuperação dos fios é a Microinfusão de Medicamentos Percutânea (MMP®). Este tratamento é uma novidade que entrega ativos diretamente à pele do couro cabeludo, na profundidade adequada para atingir o bulbo capilar. A técnica pode ser uma alternativa às cirurgias ou também pode complementar o tratamento cirúrgico.

Como existem vários tipos de alopecia, para cada paciente deve ser elaborado um tipo de tratamento específico. Além disso, é muito importante que seja feito por profissionais capacitados em uma estrutura segura e apropriada.

Clínica Optimize 

A Clínica Optimize é especializada nas áreas de dermatologia e cosmiatria. Trabalhamos com tecnologias avançadas em um espaço amplo e confortável.

Nossa consulta tricológica é direcionada às queixas referentes aos cabelos. A anamnese e exame físico são minuciosos e focados na avaliação do couro cabeludo e fios. Essa etapa é de extrema importância para o diagnóstico clínico, tratamento e seguimento. A primeira consulta inclui o mapeamento capilar e a dermatoscopia digital do couro cabeludo.

Agende sua consulta através do  (32) 3025.4344 ou (32) 99129.0617 . Estamos localizados no Centro Médico Monte Sinai, que fica na Avenida Presidente Itamar Franco, 4001 Sala: 713 – Leste , no bairro Cascatinha em Juiz de Fora (MG).

Conheça também as nossas redes sociais Facebook e Instagram.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá Clinica Optimize! Cheguei até aqui pelo link da sua Landing Page, podemos conversar? []